You Are Here: Home - Cinema , Noticias - Após 'Amanhecer – Parte 2', fãs já se dizem saudosos da saga 'Crepúsculo'


G1 acompanhou nesta quarta pré-estreia em SP do último filme da franquia.
Estreia oficial do capítulo final acontece nesta quinta-feira (15).


De um lado, a felicidade, o alívio e o fim da ansiedade. Do outro, a tristeza e a nostalgia precoce. Eram conflitantes os sentimentos dos fãs de “Crepúsculo” ouvidos pelo G1 ao término da pré-estreia de “Amanhecer – Parte 2”, quinto e derradeiro filme da saga. A distribuidora nacional do longa promoveu exibições prévias em dois shoppings de São Paulo. Num deles, as seis salas reservadas se mostraram insuficientes – foi preciso providenciar três sessões adicionais.
A universitária Clara Helena de Paula Braga, 21, que antes de ver o filme se mostrava disposta a ceder lugar a uma nova geração de fãs, estava entusiasmada com o que tinha acabado de ver. “Eu não vou esquecer, porque terminou no auge. Foi lindo, o final perfeito!”, comentou. Ela, que antes da sessão insinuava que o passar dos anos havia reduzido sua admiração pela história, terminou por assumir: “Arrepiou tudo. Eu não sou menininha de 15 anos, mas, sei lá, nessas horas a gente vira criança. Agora posso respirar”.

Também ouvida pelo G1 antes da sessão, a empresária Emiliana Vieira, 40, fã de “Crepúsculo”, demonstrava bastante euforia e esperança de que a história ganhe algum tipo de sobrevida. "Tem umas coisas que não estão no livro”, observou sobre “Amanhecer – Parte 2”. Para ela, são boas as liberdades que os responsáveis pelo filme tiveram com relação ao seu material de origem, os best-sellers escritos por Stephenie Meyer. Emiliana acrescenta: “É um dos poucos filmes que, comparando com o livro, não me decepcionaram”.
Ao lado dela, o marido, Ricardo Alexandre Ferreira, 37, comenta que teve algumas preocupações durante a sessão. “Teve uma hora em que tive de soltar a mão dela, de tanto que ela batia [na poltrona]. O pessoal ficava olhando...” Ele lamentou, ainda, a "solução" que os roteiristas deram para a batalha do clímax de "Amanhecer – Parte 2". É uma sequência de cenas que oferecem uma violência jamais vista nos quatro filmes anteriores.
Ao se lembrar desses instantes, Vitória Soares Santos, 12, chora –  ela segue em prantos meia hora após deixar a sala. Acompanhada da mãe, Andreia Faria, 36, que se diz saudosa e "chateada", a garota mal consegue falar. Dentre as raras questões que consegue responder, conta que assistiu no cinema a todos os capítulos da franquia – o primeiro entrou em cartaz em 2008. Mas basta que Andreia pontue alguma passagem específica do filme, para então Vitória reiniciar o choro. “Teve uma parte em que eu queria tirá-la da sala”, comenta a mãe. “Pra mim, ela estava passando mal.”
Não estava, aparentemente. Assim como boa parcela dos presentes à pré-estreia. Muitos estavam mais para curiosos do que para fanáticos pela trama romântica protagonizada pela destemida adolescente Bella (Kristen Stewart) e pelo vampiro com jeito de príncipe encantado Edward (Robert Pattinson). Era gente que, tendo ganhado o convite, resolveu conferir o desfecho da cinessérie.
Bernabé Marques, 74, deixou a sala do cinema disparando elogios ao que acabara de assistir: “Muito legal, muito legal”. Sua esposa, Aida Matos Marques, arriscou elaborar mais a avaliação. “Fiquei com medo, mas gostei. Tenho medo dessas coisas de assombração”, justificou, para logo em seguida ser corrigida por Eliane, uma das duas filhas adultas: “É vampiro! (risos)”. “Isso, tenho medo de vampiro”, comentou Aida, antes de informar que seu casamento com Bernabé, embora distante das possibilidades eternas dos vampiros, já dura 49 anos.



Fonte: G1

Tags: Cinema , Noticias

0 comentários

Leave a Reply

Template desenvolvido por The Simplex Design e modificado por It's Rock © 2012

Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários