You Are Here: Home - Tecmundo - Análise: ASUS-Automobili Lamborghini VX7

Das ruas para sua casa: velocidade máxima em um notebook tão elegante quanto um Lamborghini.


Já faz algum tempo que a ASUS fez uma parceria com a Lamborghini. Dessa união, surgiram portáteis com design impecável e configurações de hardware impressionantes. Até agora, não havíamos testado nenhum notebook dessa linha, mas finalmente vamos ver toda a velocidade oferecida por um Lamborghini.

O modelo que recebemos foi o ASUS-Automobili Lamborghini VX7, o segundo mais potente da série. Será que ele consegue se desempenhar tão bem nos jogos como as máquinas italianas o fazem nas ruas? Isso é o que vamos conferir, mas antes dê uma olhada nas especificações abaixo.


Processador Intel® Core™ i7 2630QM
Memória 16 GB DDR3 1333 MHz
Chip gráfico NVIDIA® GeForce® GTX 460QM com 3GB GDDR5 VRAM
Armazenamento Dois discos rigidos de 750 GB
Tela 15.6" de LED com resolução Full HD
Sistema Operacional Windows® 7 Ultimate Original 64 bits
Drive óptico Gravador de Blu-ray
Câmera
2 MP
Conectividade Bluetooth 2.1 / Wi-Fi 802.11n / Rede 10/100/1000
Entradas/saídas Microfone / Fone de ouvido / 3 portas USB 3.0 / HDMI
Bateria 8 Células 5250 mAh
Dimensões (L x P x A)
40.2 x 30.9 x 5 ~ 5.79 cm
Peso 3,82 kg

Aprovado
 

Uma verdadeira Lamborghini por fora!
Nosso primeiro contato com o ASUS-Automobili foi fascinante. O notebook vem em uma maleta de luxo que comporta o computador e os acessórios. Ao abrir a caixa, outra surpresa: o VX7 possui o design inspirado nos traços de uma Lamborghini. Ele conta até com lanternas na parte de trás, imitando a traseira das máquinas fabricadas pela marca italiana de automóveis.


O modelo que testamos tinha a tampa na cor preta, deixando o notebook com um visual muito moderno. Por dentro, diversas teclas de atalho facilitam o uso do computador no cotidiano. Todo o teclado é iluminado, deixando a jogatina noturna muito interessante. O acabamento interno é em couro legítimo, dando um toque de conforto ao Lamborghini VX7.

Uma máquina para jogos!

Se a ideia é vender um computador com o nome Lamborghini, então, nada mais óbvio do que oferecer uma máquina com configurações de alto desempenho. O ASUS VX7 traz processador Intel Core i7-2630QM, modelo pronto para encarar a maioria dos games de última geração.
O notebook da Lamborghini conta com uma GeForce GTX 460QM com 3 GB de memória RAM GDDR5 dedicada. Em nossos testes, o conjunto do chip gráfico com o processador permitiu reproduzir jogos como Crysis Warhead, Need for Speed: SHIFT e diversos benchmarks.

Resultado do benchmark do jogo Resident Evil 5 (Clique na imagem para ampliar)

Nos testes do Resident Evil 5, por exemplo, o notebook manteve uma média de 39 fps em resolução Full HD. O benchmark Stone Giant também rodou perfeitamente usando opções gráficas em nível máximo e com o recurso Tesselation ativado.

Um notebook de alta definição

Quando falamos em experiência multimídia, o mínimo que esperamos é a resolução Full HD. Nesse quesito, o notebook da Lamborghini não decepciona. A tela de 15,6 polegadas é muito brilhante e conta com alguns modos predefinidos. Além do display, o ASUS VX7 vem com gravador de Blu-ray, perfeito para gravar e reproduzir seus filmes com a qualidade máxima.


(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Reprovado
A primeira parcela da sua Lamborghini!
Não é qualquer um que pode comprar um notebook da Lamborghini. Em nossas pesquisas, verificamos que o preço médio dessa máquina gira em torno de 10 mil reais. Porém, é possível encontrá-lo por valores a partir de 8 mil reais em determinadas lojas do Buscapé. Esse valor é tão elevado por culpa do design do produto, afinal, a Lamborghini lucra muito com sua marca.

Hardware poderia ser balanceado

Os 16 GB de memória RAM que vêm instalados na máquina impressionam pelo número. Todavia, ficamos nos questionando o porquê de tanta memória em um notebook, sendo que o processador não acompanha o exagero em desempenho. A CPU do ASUS VX7 é muito potente, mas, considerando o preço elevado, talvez fosse interessante ver uma Intel Core i7- 2860QM.

Outro aspecto que nos incomodou foi o “baixo” desempenho da GPU. Não, não estamos dizendo que ela deixa a desejar em jogos, porém, devemos ressaltar aqui que há um problema no balanceamento do hardware. Instalar 16 GB de memória e oferecer um produto com uma simples GeForce GTX 460QM é uma estratégia que não faz muito sentido.

Resultados fracos em alguns testes (Clique na imagem para ampliar)

O computador rodou muito bem os games usando gráficos avançados, contudo, ficamos nos questionando como ele vai se sair com os jogos futuros, afinal, a GPU já está desatualizada. No benchmark Unigine Heaven Benchmark, o VX7 não marcou boa pontuação, mesmo quando diversos recursos estavam desativados.
Cadê o SSD?

O site oficial da ASUS relata que o Lamborghini VX7 pode ser adquirido com um drive SSD. Mas não encontramos nenhuma loja comercializando o modelo com esse tipo de armazenamento. Os discos rígidos instalados oferecem espaço de sobra para guardar vídeos em alta definição e comportar muitos jogos, mas deixam a desejar no desempenho.


(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

É um notebook ou um desktop?

Parece que, durante o projeto de montagem, as fabricantes esqueceram que estavam criando um notebook. A máquina pesa 3,82 kg, um notebook impossível de carregar, sendo ideal apenas para usar em casa ou transportar no carro.

Bateria, pra que te quero?

Em tempos nos quais os consumidores buscam bateria com autonomia prolongada, o Lamborghini VX7 chega para mostrar que consome tanta energia quanto um automóvel da marca gasta gasolina. Verificamos que o notebook consegue aguentar pouco menos de uma hora rodando games. E não que a bateria seja fraca, muito pelo contrário, o VX7 traz um modelo de 8 células.

Desempenho reduz consideravelmente na bateria... (Clique na imagem para ampliar)

Mas, por incrível que pareça, a bateria durar pouco não é um problema. Não se levarmos em conta que o notebook apresenta uma grave queda de desempenho ao executar games sem usar uma fonte de energia alternada. Presenciamos taxas de quadro de apenas 8 frames em alguns jogos quando o computador usava apenas a bateria. E isso não foi apenas em um ou outro teste, mas em todos!
A tela perde seu brilho

A tela do Lamborghini impressiona pela alta definição, mas também decepciona pela distorção de cores e pela superfície reflexiva. Usar esse notebook em um ambiente muito iluminado é impossível. Por fim, devemos salientar que o ASUS VX7 não tem capacidade para reproduzir jogos 3D, ou seja, ele é mais luxo do que gamer!

Vale a pena

Ainda que as configurações do Lamborghini VX7 sejam atraentes e que o design seja exclusivo, a compra de uma máquina desse porte não vale a pena. O custo elevado e o peso excessivo não fazem deste notebook um bom investimento. Você pode comprar um desktop mais potente e ainda um notebook razoável com os mesmos 10 mil reais.


(Fonte da imagem: Divulgação/ASUS)

Existe também o outro lado da moeda: situação em que você tem esse valor sobrando e quer adquirir um produto de luxo e que lhe conceda status. Se esse for o caso, então adquirir um notebook Lamborghini é muito interessante, afinal, ele é tudo que você precisa para se divertir e um produto único para sua coleção.

Via Tecmundo
Tags: Tecmundo

0 comentários

Leave a Reply

Template desenvolvido por The Simplex Design e modificado por It's Rock © 2012

Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários