You Are Here: Home - Noticias , PS3 - RPG da Capcom tem grandes chances nas batalhas contra dragões

Enquanto muitos pensam que o ramo dos RPGs está saturado, a Capcom aposta na direção contrária com o jogo Dragon’s Dogma. O game que lembra um bocado o Monster Hunter, da mesma desenvolvedora, vem chamando a atenção pela inteligência artificial avançada.


 O título retrata uma aventura baseada na cultura nórdica, sendo que o foco da história é o ressurgimento de um dragão que começa a espalhar o caos pelo mundo. Algumas prévias do game já tinham sido liberadas, mas agora o site 1up obteve acesso a uma demonstração e, para deixar você na expectativa, vamos compartilhar as impressões do redator Jeremy Parish.

É hora de caçar grandes monstros

Como em qualquer outro RPG, a primeira atividade disponível em Dragon’s Dogma é um tutorial para você aprender a jogar. De início, o jogo oferece um personagem genérico, justamente porque ele serve apenas para a aprendizagem dos movimentos.

Em seguida, o game requisita a criação de um personagem principal. Na hora de personalizar seu herói, você pode configurar diversos detalhes, incluindo a cor dos olhos. Diferente de alguns títulos, aqui os protagonistas podem ser pessoas bonitas, não tendo que ter necessariamente uma aparência esquisita.



 Nessa mesma tela de criação, o jogador deve modelar o seu Pawn, um ajudante controlado pela inteligência artificial que vai acompanhá-lo durante toda a jornada. Esses parceiros também podem ser personalizados de diversas formas, o que deixa o jogo bem interessante.

Os Pawns são um dos principais destaques de Dragon’s Dogma. Eles podem usar os mesmos itens que o personagem protagonista, aspecto que faz os dois heróis evoluírem em conjunto. Por se tratar de um parceiro, é necessário tomar cuidado dele, afinal, você vai precisar de muita ajuda durante sua aventura.

Explorando os mesmos horizontes

Dragon’s Dogma aposta em recursos que já foram utilizados anteriormente. Todavia, o título parece inovar em algumas características, o que o torna um bom concorrente para outros RPGs de peso — como Skyrim e Kingdoms of Amalur.


A ideia de usar ajudantes durante a jogatina não é algo inédito, porém, aqui você poderá aproveitar o seu Pawn e o de outros jogadores. A Capcom introduziu um recurso que permite aos players compartilharem os parceiros através da rede própria do jogo. Isso quer dizer que um jogador do Japão vai poder emprestar o seu Pawn e vice-versa.

Além disso, Dragon’s Dogma permite que você negocie os Pawns através do Facebook e do Twitter. Essa jogada do game é bem peculiar, afinal, com isso o jogo tem grandes chances de se espalhar mundo afora. O compartilhamento de ajudantes é gratuito caso você empreste um pawn que seja de nível inferior ao do seu personagem.


 Depois que algum jogador de outro lugar do universo cansou do seu pawn, ele pode devolvê-lo. Uma surpresa interessante é que o ajudante virá com itens e acessórios adicionados pelo outro player.

Uma aposta perigosa

Dragon’s Dogma traz outros recursos inovadores, como é o caso dos spells de cura que podem ser usados com facilidade, mas que não recuperam todo o indicador de vida. Não há detalhes sobre as demais magias, porém, é possível que o título conte com recursos bem diferentes.


Por fim, vale comentar que o grande destaque do jogo é o estilo de ação misturado aos elementos de RPG. As batalhas parecem muito frenéticas, mas não há como garantir que a receita vá agradar a todos. Vale lembrar ainda que a Capcom está entrando numa briga perigosa, visto que Skyrim e outros RPGs são muito fortes.

Não há informações sobre os gráficos e demais aspectos técnicos do jogo. Assim, ficamos no aguardo da demonstração ou do lançamento de Dragon’s Dogma que está agendado para o dia 22 de maio deste ano.

Via BJ
Tags: Noticias , PS3

0 comentários

Leave a Reply

Template desenvolvido por The Simplex Design e modificado por It's Rock © 2012

Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários