O supercomputador mais barato do mundo ainda custa uma fortuna

Máquina japonesa custa menos de 500 mil dólares, mas faz cálculos como as mais caras.



Uma nova máquina construída no Japão está trazendo um novo padrão para a supercomputação. O computador japonês (projetado por Tsuyoshi Hamada, da Universidade de Nagasaki) custou pouco mais de 420 mil dólares (725 mil reais) para ser construído, o que é pouco se compararmos com os mais de 1,2 bilhão de dólares (2 bilhões de reais) necessários para a fabricação de outras máquinas que estão em laboratórios mais conhecidos.

Segundo mostrado no vídeo da rede de televisão NHK, o sistema consegue atingir a marca de 1 TFLOP com certa facilidade. Para atingir a capacidade de cálculos rápidos e simultâneos, o professor Hamada utilizou unidades de processamento gráfico para fazer os cálculos mais pesados. Assim como outros supercomputadores, a máquina de Nagasaki pode ser utilizada para previsões meteorológicas e cálculos científicos.

Tecmundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ganhar dinheiro para avaliar produtos: uma prática comum na internet

Ilusão de ótica: teste online deixa sua visão distorcida