You Are Here: Home - Tecnologia - Google, Microsoft e Netflix querem implementar proteção contra cópias no HTML5

Proposta foi refutada pelo criador da tecnologia, que chamou a sugestão de antiética.


Aos poucos, provedores de conteúdo estão abandonando o Flash e o Silverlight e aderindo ao HTML5. De forma a poder operar melhor com essa tecnologia, empresas como Google, Microsoft e Netflix enviaram uma proposta de modificação do World Wide Web Consortium para inclusão de sistemas de proteção de direitos autorais.

O W3C é o responsável pela padronização de tecnologias e protocolos para a internet. A proposta foi refutada por Ian Hickson, um dos criadores do HTML5, que caracterizou a sugestão como antiética, mas sem entrar em mais detalhes sobre o porquê da negação.

Para as empresas, a mudança poderia ser feita sem que fossem necessárias grandes alterações na estrutura do HTML 5. Adrian Bateman, diretor de aplicativos da Microsoft, afirmou que a falta de uma proteção “robusta” aos conteúdos é o grande empecilho para adoção da tecnologia por grandes empresas.

Via Tecmundo
Tags: Tecnologia

0 comentários

Leave a Reply

Template desenvolvido por The Simplex Design e modificado por It's Rock © 2012

Todas as imagens de filmes, séries e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários