Funcionários da Foxconn trabalham 12 horas por dia e precisam pagar por refeições

Reportagem de programa de televisão norte-americano visitou uma fábrica de portáteis da Apple para conseguir informações impressionantes.


Você sabe como funciona uma fábrica de iPhones e iPads? O programa Nightline, do canal ABC (Estados Unidos), foi até uma das indústrias da Foxconn, maior empresa responsável pela montagem dos portáteis. Segundo o MacWorld, o apresentador Bill Weir aproveitou a visita ao local para conversar com funcionários e saber um pouco mais sobre a situação deles.

Junto com a equipe de jornalistas, foi também uma comissão de auditores da FLA (Fair Labor Association ou Associação do Trabalho Justo). Com base na mesma matéria, o The Verge fez uma lista com algumas das impressões que ficaram muito claras ao assistir a matéria. Trouxemos a tradução dos itens abordados pelo site norte-americano:

    São necessários 141 passos para a fabricação de um iPhone (que é praticamente feito à mão);
    Um iPad leva 4 dias e precisa de 325 mãos para ser feito;
    A Foxconn produz 300 mil câmeras de iPad por dia;
    Além de trabalhar em turnos de 12 horas, funcionários precisam pagar 70 centavos de dólar por uma refeição;
    O aluguel de dormitórios (que são para seis ou oito pessoas) custa 17,50 dólares mensais;
    Cada funcionário ganha 1,78 dólar por hora;
    Novos funcionários passam três dias treinando antes de começar a trabalhar.

Como você pode ver, os funcionários ganham menos de US$ 2 por hora trabalhada, sendo que são realizadas jornadas de 12 horas diárias. Mas isso não é o pior: uma fonte ligada ao Apple Insider afirmou que todos os funcionários menores de idade estão sendo escondidos quando auditores da FLA vão às fábricas da Foxconn.

Via Tecmundo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages