Funcionários da Foxconn trabalham 12 horas por dia e precisam pagar por refeições

Reportagem de programa de televisão norte-americano visitou uma fábrica de portáteis da Apple para conseguir informações impressionantes.


Você sabe como funciona uma fábrica de iPhones e iPads? O programa Nightline, do canal ABC (Estados Unidos), foi até uma das indústrias da Foxconn, maior empresa responsável pela montagem dos portáteis. Segundo o MacWorld, o apresentador Bill Weir aproveitou a visita ao local para conversar com funcionários e saber um pouco mais sobre a situação deles.

Junto com a equipe de jornalistas, foi também uma comissão de auditores da FLA (Fair Labor Association ou Associação do Trabalho Justo). Com base na mesma matéria, o The Verge fez uma lista com algumas das impressões que ficaram muito claras ao assistir a matéria. Trouxemos a tradução dos itens abordados pelo site norte-americano:

    São necessários 141 passos para a fabricação de um iPhone (que é praticamente feito à mão);
    Um iPad leva 4 dias e precisa de 325 mãos para ser feito;
    A Foxconn produz 300 mil câmeras de iPad por dia;
    Além de trabalhar em turnos de 12 horas, funcionários precisam pagar 70 centavos de dólar por uma refeição;
    O aluguel de dormitórios (que são para seis ou oito pessoas) custa 17,50 dólares mensais;
    Cada funcionário ganha 1,78 dólar por hora;
    Novos funcionários passam três dias treinando antes de começar a trabalhar.

Como você pode ver, os funcionários ganham menos de US$ 2 por hora trabalhada, sendo que são realizadas jornadas de 12 horas diárias. Mas isso não é o pior: uma fonte ligada ao Apple Insider afirmou que todos os funcionários menores de idade estão sendo escondidos quando auditores da FLA vão às fábricas da Foxconn.

Via Tecmundo

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Ganhar dinheiro para avaliar produtos: uma prática comum na internet

Ilusão de ótica: teste online deixa sua visão distorcida

Elétrico é eleito o carro do ano de 2012